“A transformação digital precisa ser impulsionada no Brasil”

Alexandre Tunes, country sales manager da InterSystems Brasil, acredita no desenvolvimento tecnológico do país e apoia investimento no setor

 

O Brasil tem se mostrado muito promissor para o mercado de tecnologia de uma forma geral. Segundo o estudo “O Valor dos Dados na Transformação Digital”, realizado pela InterSystems em parceria com a IDC, até 2020 há a previsão de que 40% das empresas da América Latina já terão articulado a digitalização para serem mais competitivas – sendo o Brasil o principal mercado da região.

Para Alexandre Tunes, country sales manager da InterSystems Brasil, a prioridade para 2019 é justamente impulsionar a transformação digital no país. “Temos o objetivo de promover a saúde conectada. O primeiro passo para isso é o prontuário eletrônico. Esse caminho começa pelo gerenciamento correto dos dados e a interoperabilidade entre sistemas e plataformas. A saúde conectada permite ter um foco maior na medicina preventiva e não na reativa, como ainda vivemos hoje. Ou seja, as atenções serão voltadas aos cuidados da saúde e não das doenças”, vislumbra o executivo.

Destaca-se, neste cenário, o engajamento do paciente e a disponibilização de seus próprios dados clínicos. “Além disso, a capacidade de interação eletrônica com a equipe assistencial e o acesso à literatura de orientação específica para o melhor manejo clínico, faz total diferença nos resultados das terapias instituídas.”

Tunes ressalta ainda um tema que fará parte de muitos debates neste ano: a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que determina que cabe a todas as instituições que produzem dados sobre seus clientes oferecer a infraestrutura capaz de obter, de preferência eletronicamente, os consentimentos dos seus clientes para interoperar seus dados. “No mercado de saúde, este aspecto é ainda mais relevante, ao passo que implica garantir a total confidencialidade dos dados clínicos com disponibilização das informações no ponto de cuidado autorizado pelo paciente, para o profissional de saúde autorizado para atendê-lo e de forma tempestiva”, afirma.

Sobre os novos modelos de renumeração, Tunes aposta nas novas tecnologias e soluções com características de alta performance, com poder de consolidação e disponibilização da informação clínica consolidada e completa no momento do atendimento. “Tudo isso com total segurança de trânsito de informações, que é um fator fundamental para este salto importante de abrangência assistencial.”

Essa matéria foi publicada na edição 58 da Healthcare Management. Acesse!

 

 

 

Veja mais posts relacionados

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

*Ao registrar-se em nosso site, você concorda com os Termos e Condições ePolítica de Privacidade.

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.